"Deus criou as pessoas para amarmos e as coisas para usarmos, porque então amamos as coisas e usamos as pessoas?"



segunda-feira, 26 de junho de 2017

NA UNIZAMBEZE BEIRA, OS DOCENTES TAMBÉM ABUSAM E EXTORQUEM OS ESTUDANTES

sábado, 24 de junho de 2017


Ouvir com webReader

INBOX:
" boa tarde unay... tenho uma denuncia acerca da Unizambeze -fct-no campus da Beira
eu sou um estudante de curso de engenharia de processos, aqui tem uns 2 docentes que estao a estragar as alunas do curso ,isto é ,toda aluna que negar transar com elas nao passa a cadeira deles e para homens eles cobram 5mil por cadeira...por exemplo este semestre que passou eles estavam a dar 2 duas cadeiras cada um, um dava duas cadeiras do quarto ano e o outro dava duas no terceiro ano e pessoas que nao pagarm nao chegaram nos exames excluiram todas as cadeiras. o nome dos docentes é Nicolau Chiridza dava duas cadeiras no quarto ano, o outro é eng Torres que dava duas do terceiro ano... por favor estamos a pedir ajuda ja nao estamos aguentar...fomos falar com director adjunto de FCT eng Americo Msopela e ele mandou-nos passear alegando que ele nao pode por colegas dele contra parede porque sao amigos dele...ajude-nos se nao, nao iremos graduar com esses docentes."
- Via UC WhatsApp
NOTA:
Isto é uma Universidade ou uma EP1 de nivel superior? Na semana passada publicamos cenas horríveis desta mesma universidade em Tete. 
É esta mesma universidade que conferiu um bizarro grau 'dr honoris causa' ao antigo distribuídor de senhas e cobrador dos dumba nengues de Nhamatanda, hoje "vice ministro" das pescas, mar e águas interiores, o Bongesse.
Também sabe se que a UNIZAMBEZE confere grau de licenciatura a muitos graúdos da frelimo sem que estes sentem se na carteira, como se fosse ensino a distância.
UNAY CAMBUMA

FRELIMO VAI USAR CURANDEIROS, RÉGULOS E POLICIAS PARA RECUPERAR O MUNICÍPIO DE NAMPULAço

domingo, 25 de junho de 2017


Ouvir com webReader

BREAKING NEWS!!!

Caros compatriotas, a seguinte
informacao merece nota de atencao,
reflexao e tomada de medidas
energicas, se bem que amamos nosso
Pais e nosso povo.
A descoberta e denuncia vem de
Nampula como local de ensaio.
Todavia o esquema esta sendo
montado em todos municipios e
tambem implementar se ia nas eleições
gerais de 2019.
Seguinte:
Filipe Paunde, membro do comite
central destacado para o circulo de
Nampula esta naquela cidade ja faz
por ai duas semanas.
Desde sua estadia os frelimistas ali
andam sem tempo nem para atender
agendas familiares, pois a missao de
Paunde e bem clara perante seus
camaradas: -- fazer de tudo, mas tudo
mesmo para ter o municipio de volta
as maos da frelimo em 2018,
Para efeito sao inumeras as manobras
e tacticas a usar.
1-- Entre os quais destaca se as
incessantes reunioes obscuras de
membros da frelimo em locais como
hotel lurio, copacabana e outros sitios
secretos e na maioria das vezes na
calada da noite.
2 -- E neste momento, ja foram
requisitadas muitas motorizadas para
distribuir como aliciamento e pedido de
favor aos regulos e chefes de bairros
de modo a angariar eleitores.
3 -- Ja foram contactados
formalmente alguns curandeiros,
medicos tradicionais e magicos para a
todo custo e misteriosamente
influenciarem o curso e resultados das
eleicoes. A manipulacao magica, sera
feita a favor da frelimo.
Alguns curandeiros serao importados.
4 -- No acto de actualizacao ou
recenceamentos eleitoral alguns
bairros ou regioes de dominio da
Renamo, tais como o Namicapo,
Belenenses, Munhava, e outras zonas,
foi planificado para avarias
sistematicas das maquinas, afim de
excluir um numero consideravel de
eleitores naturais da Renamo. E para
os que poderem recencear nao terao a
chance de "escolha" porque alem de
enchimentos em urnas, policia em
desmandos, tambem as urnas nao
abrirao com rigor
5 - Ja estao selecionados, treinados,
orientados e reservados um grupo
especial de agentes das FDS, para
acoes de desmandos em momento
eleitoral, de modo a facilitar o
desencorajamento de eleitores,
tambem para encobrir as mafias nas
mesas de votos.
Muitos dos policias ja previamente
indicados far se ao em seus locais de
desmando e seguirao para la nas
vesperas do acto.
Etc.
Nas reunioes e constante ouvir a
palavra de ordem -- "a frelimo deve a
bem ou mal ser considerado como
vencedora. Estamos juntos
camaradas?" -- ordens marciais pois
nossas sondagens indicam que neste
momento 90% de potenciais eleitores
ja descartaram a possibilidade de
votar em frelimo. Sendo assim entao
tudo mostra que vai correr muito
sangue e mais tensao politica/guerra.
A eminente fraude e uma realidade
caros compatriotas.
- Be Focus

STV-Resumo Relatório Kroll_24.06.2017(video)

24/06/2017


PGR torna público(enfim) resumo da Auditoria da Kroll à Proindicus, Ematum e MAM

sábado, 24 de junho de 2017


Ouvir com webReader

PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Tema de Fundo - Tema de Fundo
Escrito por Adérito Caldeira  em 24 Junho 2017
Share/Save/Bookmark
A Procuradoria-Geral da República(PGR) de Moçambique enfim tornou público neste sábado(24) o resumo do relatório da Auditoria Internacional e Independente realizada pela empresa Kroll às empresas estatais Proindicus, EMATUM e MAM. O documento - que pode ser baixado na íntegra aqui - confirma várias das constatações apuradas pelo @Verdade, desde que foram descobertos os empréstimos de mais de 2 biliões de dólares norte-americanos com Garantias do Estado que violaram a Constituição e as leis orçamentais de 2013 e de 2014, porém não revela o fundamental: como foi gasto todo o dinheiro dos empréstimos.
Sem os nomes dos principais mentores e com a identificação do autores materiais censurada o resumo traz no entanto algumas revelação interessantes que o @Verdade irá divulgar em próximos artigos.
Recorde-se que entre 2013 e 2014 as empresas Proindicus, S.A. - participada pela Sociedade Anónima Monte Binga e pelos Serviços de Informação e Segurança do Estado (SISE), ambos com 50% do capital da empresa -, a Empresa Moçambicana de Atum (EMATUM), S.A. - que tem como accionistas o Instituto de Gestão das Participações do Estado(IGEPE), a Empresa Moçambicana de Pesca( Emopesca) e a sociedade Gestão de Investimentos, Participações e Serviços(GIPS), Limitada, uma entidade unicamente participada pelos Serviços Sociais do Serviço de Informação e Segurança do Estado (a polícia secreta de Moçambique) -, e a Mozambique Asset Management(MAM), S.A. - participada pela EMATUM, Proindicus e pela GIPS (Gestão de Investimentos, Participações e Serviços, Limitada) -, contra empréstimos junto dos bancos Credit Suisse e Vnesh Torg Bank (VTB) alegadamente para um projecto de protecção da Zona Económica Exclusiva de Moçambique.
Acontece que esses empréstimos só foram disponibilizados porque o Estado moçambicano, na altura dirigido por Armando Emílio Guebuza, deu Garantias aos bancos todavia sem a aprovação da Assembleia da República, como manda a Constituição da República. Além disso essas Garantias bancárias ultrapassaram os limites orçamentais aprovados pelas leis orçamentais de 2013 e de 2014.
Alguns dos bens adquiridos foram entregues mas não estão em operação, aliás as três empresas estatais não estão a funcionar e não geram rendimentos por isso o Estado já teve que honrar o seu papel de "fiador" pagando algumas das amortizações desses empréstimos.
As dívidas foram entretanto vendidas a investidores internacionais e a alguns bancos moçambicanos, no entanto este ano nenhuma das amortizações das três empresas foi paga.
O Governo de Filipe Nyusi embora tenha assumido que essas dívidas ilegais e inconstitucionais são para serem pagas decidiu renegociar os prazos de pagamentos.
Entretanto o Fundo Monetário Internacional (FMI), e a embaixada da Suécia, já vieram saudar a PGR, em comunicados de imprensa separados, pela publicação deste sumário mais de um mês após a Auditoria ter sido entregue à Beatriz Buchilli.
O FMI afirma que esta divulgação "constituiu um passo importante para maior transparência relativamente aos empréstimos daquelas três empresas públicas".
De acordo com o comunicado que estamos a citar, na sequência da divulgação deste documento "uma missão do corpo técnico do FMI visitará Moçambique de 10 à 19 de Julho para discutir os resultados da auditoria com as autoridades e possíveis medidas de seguimento, incluindo trabalhar com as autoridades para abordar preocupações relacionadas com a gestão de recursos públicos". Marcelo Mosse escreveu :

Há muito pano para manga no relatório da Kroll
A coisa mais intrigante do endividamento oculto é a forma cruel da roubalheira. O relatório da Kroll agora divulgado pela PGR (uma prenda sinistra de aniversário de Independencia ) é um desfile rocambolesco de episódios de saque e apropriação do bem público, sem o artifício de um ladrão que receia um dia ser descoberto. Vejam os 500 milhões de USD da Ematum. Desaparecidos. Os gestores dizem que foram empregues na compra de equipamento militar; o Ministério da Defesa não confirma e o fornecedor diz que nunca forneceu. Tão simples quanto isto. O relatório tem muita fruta e matéria indiciaria bastante. Confirma muitas das suspeitas. Da emissão de garantias soberanas sem qualquer avaliação de viabilidade; do sinistro papel da Priinvest e da Polomar; das chorudas taxas e comissões; da discrepância entre facturas pagas e bens recebidos. Mas onde foi o dinheiro? Quem encheu o bolsos? Isso não é dito. A PGR diz que continua a investigar. O documento não traz nomes. Trata os actores por Indivíduo A, B e por aí em diante. Quem ler bem pode imaginar o nome de cada boi. Mas o que se pretende é que as máscaras caíam. Por isso, é preciso que a PGR continue a investigar embora haja aqui matéria criminosa bastante. A publicação da auditoria é um grande avanço. Faltam duas coisas: rastrear o dinheiro e responsabilizar judicialmente quem orquestrou este grande calote.
.

Moçambique: Dois mil milhões de dólares desapareceram. FMI pede esclarecimento

24/06/2017

a primeira aposta do galo para enfrentar o AMURANE em 2018 é Bismarque

sexta-feira, 23 de junho de 2017


Ouvir com webReader
A VOZ DO MEU SILÊNCIO 001
Já ouvimos dizer muitas vezes em nossas vidas que o feitiço vira contra o feiticeiro! Tudo indica que no galinheiro parece ser o caso, porque a HIPNOSE, arma secreta do galo para ludibriar as mentes dos moçambicanos, virou contra o próprio galo e todo o galinheiro! Ora vejamos: fala-se que a primeira aposta do galo para enfrentar o AMURANE em 2018 é Bismarque, um amador de rádio e televisão que caiu de paraquedas no galinheiro, porque o Simango, pensando erroneamente que seria um catalizador do seu partido familiar, por este ser um autêntico papagaio, porque nada sabe fazer senão lamber botas e cantarolar no que os outros fizeram, quando simplesmente lê  as matérias produzidas por seu colegas de trabalho, tanto na radio como na televisão, Simango, como lhe é característico, deixou por trás pessoas muito trabalhadoras e merecedoras de colocação na lista privilegiada para assembleia da república, como o Dr. Impuiri e Dr. Manuelito, pessoas muito esforçadas e humildes, colocou o Bismarque e Ossifo nas posições privilegiadas, sem que o Bismarque nem Ossifo tivessem realizado algum trabalho digno em todo círculo eleitoral de Nampula! Esta forma de agir do Simango é repugnante, desprezar os que efetivamente trabalham e dar consideração aqueles que o puxam saco e que ele pensa que podem ser mais úteis para a sua campanha de fortalecimento do seu poder familiar!!! O Ossifo foi colocado em Nampula por ser muçulmano, com intenções claras de penetrar nas mesquitas e ludibriar mais os irmãos de Nampula e Deus fez esquecer ao decisor perguntar se alguma vez eles foram vistos nas mesquitas. De facto a intenção foi boa mas mal direcionada! De lembrar que foi nesta irreparável opção aos Bismarque e Cia, que causou a morte dum dos quadros(Sr. Abdul Cadre) e renúncia do dr. Juma Valige Molide do MDM e os militantes por ele mobilizados seguiram no. Isso tudo se esquece pelo Movimento e só o Presidente Mahamudo Amurane é que está a destruir?!! Pelo que serão os próprios membros do MDM a fazerem justiça contra o galinheiro e o próprio galo, porque toda a gente do MDM sabe que se alguém merecia ser deputado da AR pelo círculo eleitoral de Nampula, que não fosse originário de Nampula, seria o Impuiri e o Manuelito, mas o Bismarque e o Ossifo, por amor de Deus, como estes apareceram?? Certamente caíram de paraquedas no círculo eleitoral de Nampula e os macuas viram e estão a espera do momento próprio para dizer basta de paraquedistas e parasitas!!!"
À FRENTE É O CAMINHO E O MOÇAMBICANO NO GERAL E NAMPULENSE DE HOJE NÃO É O QUE CONHECÍAMOS, ALIÁS, JÁ SABE O QUE QUER.
IN: Voz do meu silêncio -Parte 1.

STV-Afonso Dhlakama fala aos Moçambcanos 25.06.2017(video)

25/06/2017